sábado, 25 de abril de 2009

Um

De gostosa à gorda

um quilo

De amiga à inimiga

um homem

De triste a alegre

um carinho

De ridícula à sensata

um pensamento

De doce à amarga

um ponto de vista

De esperta à burra

um copo de cerveja

De amor ao ódio

uma palavra

Do interesse ao desânimo

um silêncio

Da vida à morte

um minuto.

Um comentário:

Felipe disse...

Do sagrado ao profano
Um agrado
Do regrado ao insano
Um engano
De aplaudido à vaiado
Um deslize
De escolhido à deixado
Uma crise
De advérbio à artigo
Uma crase.

bacana essa parada. Dá pra ficar horas nessa