quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Pela Madrugada


Eu ando pela madrugada a fim de me divertir

Pode ser sozinha

Ou acompanhada

Eu vago pela casa atrás daquele CD

A canção que toca é a minha preferida

A música que marcou algum instante da minha vida

Eu ando pela madrugada com os olhos atentos

procurando amigos na internet

que queiram me ouvir

que queiram me contar

sobre seus anseios

e seus segredos

A madrugada é minha fiel companheira

silenciosa e escura

ela vê tudo o que faço

até quando estou nua

A madrugada é quieta

observadora e perigosa

Ou será que sou eu?

2 comentários:

Metàphysiká disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Metàphysiká disse...

Oi...
Conhecço a canção da Marisa Monte sim.
Obrigada por visitar o blog.. Ele anda meio "pobre" ultimamente, mas és bem vinda quando quiser.

Beijos.