quarta-feira, 14 de fevereiro de 2007

Vício


Estava há anos no orkut, no início foi legal reencontrar amigos perdidos pelo mundo. Amigos na Europa, amigos na Argentina, amigos da época de criança, amigos em SC.

Depois iniciei uma desbravação pelas comunidades e lia muitos os tópicos. Lembro-me de uma tarde que fiquei lendo sobre o aeromóvel que ía ser construído em Porto Alegre e só ficou no papel. Minha mente curiosa sobre as coisas que acontecem ficou ainda mais aguçada. O orkut me deixava informada. Criei algumas comunidades as quais não fizeram grande sucesso.

Cansada de ler tópicos e mais tópicos, a minha diversão era mudar meus perfis e sempre escrever algo bacana neles. Era sempre uma tarefa difícil auto definir-me, pois acredito que palavras não definem uma pessoa, chegam quase perto, apenas.

Depois minha diversão passou ser a mudar meu album e colocar as melhores fotos.

Quando acabou meu namoro todos vinham perguntar sobre o ex na rua: "Tu não está mais com ele"? "Quem acabou, tu ou ele"? "Tu está bem"?

E percebia que o Orkut agora era meu inimigo, não era mais meu reduto de diversão e fuxico! Era um lugar aonde minha vida estava exposta até para quem eu mal conhecia.

Mas eu já estava viciada nele. Entrava todos os dias para ler meus scraps e ficava atualizando a página para verificar se não tinha scraps novos a cada minuto. Ficava fuxicando a vida do ex e de outras pessoas. E aquilo me deixava doente, demente, insana. Eu queria largar a droga que é o orkut, mas não conseguia.

Passei meses falando: "Vou sair do orkut". "tenho que sair do orkut". "Estou viciada no orkut".

Passado algum tempo tomei coragem e sai. Senti um alívio, senti que não precisava dele e lembrei que vivi 20 anos sem o tal de orkut. No início tive recaídas, sentia falta de logar no maldito e ás vezes pensava em fazer outro. Mas com o tempo fui sentindo cada vez menos a sua ausência em minha vida.

Agora minha droga é o Blog, acho que é um vício mais construtivo. Experimentem, é da boa!

Um comentário:

Belisa disse...

Oi Priscila! Bem-vinda ao mundo blogueiro! Mas cuidado... ele pode ser tão nocivo quanto o orkut. O melhor é nunca se expor muito. Beijos!